Fernanda Montenegro e Fernanda Torres interpretarão Lina Bo Bardi em filme

As atrizes, que são mãe e filha, devem começar a gravar em Salvador, na Bahia, em julho deste ano

Dirigidas pelo artista e diretor britânico Isaac Julien, as atrizes Fernanda Montenegro e Fernanda Torres vão representar a arquiteta ítalo-brasileira, Lina Bo Bardi. O longa metragem será baseado em uma instalação artística intitulada Stones Against Diamonds, de 2015, do próprio Julien, e terá o título Ghost of Lina Bo Bardi.

A arquitetura Lina Bo Bardi (1914-1992)

A arquitetura Lina Bo Bardi (1914-1992) (Instituto Lina Bo e P. M. Bardi/Reprodução)

Interessado pela vida e obra de Lina há anos, o diretor inglês inspirou-se em uma carta escrita pela arquiteta para criar sua vídeo-instalação, apresentada no evento Art Basel, em 2015. Na carta, Lina falava sobre a beleza das pedras semi-preciosas em relação as pedras preciosas.

 

 

O elenco do filme, que começará a ser gravado em julho deste ano, em Salvador, foi escolhido por Julien e as atrizes interpretarão Lina em duas fases de sua vida. Além disso, quatro obras da arquiteta na Bahia foram escolhidas como locação: Espaço Coaty, Teatro Gregório de Mattos, Casa do Benin e Museu de Arte Moderna da Bahia.

Via: Correio 24 horas

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. There are, in fact, some destructive factors to freelancing.
    One vital point is that if you happen to work as
    a contract paralegal youll not be eligible for the types of
    benefits that youd have in working for a law agency or a personal
    attorney. When you feel that such “perks” as
    normal health insurance and other such advantages are essential, freelancing is not going to provide you with
    these benefits.

    Curtir