Por que o LED conquistou o mercado?

É o que respondemos a seguir, mostrando como essa tecnologia atende à necessidade de consumir menos energia sem perder qualidade

Há pouco mais de dois anos, a discussão era o preço: o alto custo da lâmpada led desanimava, mesmo com seu apelo sustentável. Na época, já não se fabricavam nem comercializavam as incandescentes (progressivamente banidas por consumirem muita energia); as halógenas e fluorescentes dominavam os estandes das lojas especializadas. O que mudou? “A tecnologia do led vem se aprimorando rapidamente com o aperfeiçoamento dos componentes e a variedade de opções, refletindo em custo menor e qualidade superior para o consumidor”, avalia Georges Blum, presidente da Associação Brasileira de Fabricantes e Importadores de Produtos de Iluminação (Abilumi). A possibilidade de integrar o sistema led à automação gerando soluções mais elaboradas é também resultado dessa evolução. “Por meio de aplicativos de celular e tablets via wi-fi, consegue-se ligar, desligar, dimerizar e modificar o espectro cromático das lâmpadas sem a necessidade de grandes reformas na residência”, completa Isac Roizenblatt, diretor técnico da Associação Brasileira da Indústria de Iluminação (Abilux).

Veja também

 

 

Essas características despertaram a atenção dos profissionais de luminotécnica, que planejam a iluminação de espaços públicos e privados. “O mundo da iluminação está se sofisticando”, sentencia Guinter Parschalk, arquiteto e lighting designer da Studioix. “Hoje, por causa da miniaturização, consigo mais potência com um ponto cada vez menor”, explica, referindo-se à crescente versatilidade de usos. Mas se o preço da lâmpada está mais em conta, o mesmo não vale para o do projeto de luminotécnica. “O valor total para uma casa chega a surpreender alguns clientes”, explica o arquiteto Gustavo Calazans, ciente do reconhecimento crescente da importância desse serviço. Tantas mudanças, em tão pouco tempo, vêm impondo aos profissionais da área novos modos de trabalhar a luz – agora, de origem eletrônica. Algo semelhante se dá com os próprios consumidores, ainda aprendendo a se orientar em meio às diversas novidades.

 

O QUE É LED?

O Light Emitting Diode ou, traduzindo, Diodo Emissor de Luz é um condutor de energia elétrica que, quando energizado, emite luz visível a olho nu. Dentro da lâmpada, independentemente de seu formato, há uma fita com diversos pontos de led ligados a um circuito eletrônico (similar a um chip) responsável por transformar a tensão de 127 V ou 220 V da corrente elétrica em 12 V. É assim que essa tecnologia consome bem menos, pois necessita de pouca energia para gerar brilho.

LUZ DECORATIVA

Queridinha nos projetos atuais, as lâmpadas de filamento têm mais apelo visual do que eficiência. Veja as opções:

Filamento de carbono: Releitura da lâmpada incandescente de Thomas Edson, a peça emite luz amarelada e aconchegante. Dura, em geral, 2 mil horas e pode consumir até 40 W – pelo alto consumo, deve ser usada com parcimônia.

Filamento de carbono: Releitura da lâmpada incandescente de Thomas Edson, a peça emite luz amarelada e aconchegante. Dura, em geral, 2 mil horas e pode consumir até 40 W – pelo alto consumo, deve ser usada com parcimônia. (Divulgação/Divulgação)

 

Filamento de led: Conhecida como led retrô ou vintage, ela se assemelha ao modelo acima, consumindo apenas 5 W e com duração prometida de 15 mil horas. Porém, não apresenta o mesmo tom de luz quente, embora vise reproduzí-lo. É o dilema: aparência versus consumo.

Filamento de led: Conhecida como led retrô ou vintage, ela se assemelha ao modelo acima, consumindo apenas 5 W e com duração prometida de 15 mil horas. Porém, não apresenta o mesmo tom de luz quente, embora vise reproduzí-lo. É o dilema: aparência versus consumo. (Divulgação/Divulgação)

 

“Hoje a informação passa pela luz, do computador ao celular. a luminotécnica do ambiente precisa prever essa realidade”

Guinter Parschalk,
Arquiteto e lighting designer

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s