Livro combina arte urbana de SP, NY e Berlim

A obra traz um capítulo dedicado a cada uma das cidades

Pai e filha, o fotografo Eduardo Longman e a jornalista Gabriela Longman trabalharam desde 2014 na concepção da obra batizada Grafite – Labirintos do Olhar, da editora BEI. O projeto surgiu de uma conversa entre os autores sobre trabalhos que poderiam realizar em conjunto. O fotografo, então, lembrou de um ensaio realizado por ele no centro de São Paulo e a jornalista expressou seu interesse pelo desenvolvimento da linguagem do grafite em na arquitetura em uma escala global.

“Olhamos para um fenômeno contemporâneo inquietante que, ao romper com o estabelecido, propõe  questionamentos sobre o espaço urbano e sobre a própria ideia de criação artística”, explica Eduardo. 

O lançamento acontecerá em várias etapas, a primeira delas no dia 07 de abril, com uma palestra dentro dos Talks da Arte! Brasileiros, durante a SP-Arte, a partir das 16h no Auditório do Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera.

Foto presente no livro Grafite – Labirintos do Olhar

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.