12 pontos arquitetônicos para conhecer a história de São Paulo

Construções contam um poucos dos quase 463 anos da cidade, que serão completados no próximo dia 25

Uma pausa para olhar as edificações da cidade de São Paulo pode ser revelador, além de um respiro na correria do maior município do país – e também da América do Sul. Na “terra da garoa”, como a cidade é conhecida, prédios antigos e modernos convivem e narram aqui e ali um pouco da história da capital paulista.

“Como a cidade foi construída e reconstruída diversas vezes a partir do final do século XIX, há uma mistura de gêneros em diversos pontos, mostrando que, ao longo de sua história, predominou o ideal de que o novo é sempre melhor”, afirma o professor Antônio Soukef Júnior, do curso de Arquitetura e Urbanismo do FIAM-FAAM Centro Universitário.

A seguir, confira um roteiro de construções para você visitar e descobrir mais sobre o estilo arquitetônico que reflete o passado e o presente da cidade.

1.Casa do Sítio do Capão, na Vila Formosa

Assim como a Casa do Bandeirante, abaixo, a edificação data da época colonial, por volta de 1600.(Foto: Reprodução/ Site da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo)

2. Casa do Bandeirante, no Butantã

(Foto: Reprodução/ Site do Museu da Cidade de São Paulo)

As edificações a seguir, do fim do século XIX até meados da década 1920, são ecléticas e utilizam tendências do passado de forma livre na arquitetura.

3. Casa das Rosas, no Paraíso

(Foto: Reprodução/ Instagram/ @casadasrosas)

4. Theatro Municipal, no Centro

(Foto: Reprodução/ Instagram/ @theatromunicipal)

5. Centro Cultural do Banco do Brasil, no Centro

(Foto: Reprodução/ Instagram/ @ccbbsp)

6. Estação Júlio Prestes, no Centro

(Foto: Reprodução/ Site saopaulo.sp.gov.br)

Entre os anos 1930 e 1940, o estilo “art déco” predominou nos prédios da cidade e as figuras geométricas ganharam vez nas fachadas para simular movimento.

7. Edifício Saldanha Marinho, no Centro

(Foto: Reprodução/ Pinterest / @static.panoramio.com)

8. Antiga loja de departamento Mappin, no Centro

(Foto: Reprodução/ Google Maps)

A partir de 1950, as construções modernas, onde o concreto impera, popularizam-se pela cidade.

9. Conjunto Nacional, na Consolação

(Foto: Reprodução/ Google Maps)

10. Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp)

(Foto: Reprodução/ Instagram/ @masp_oficial)

A arquitetura contemporânea fica evidente nas construções das avenidas Presidente Juscelino Kubitschek e Engenheiro Luís Carlos Berrini.

11. Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, na Vila Nova Conceição

(Foto: Reprodução/ Google Maps)

12. Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, no Brooklin

(Foto: Reprodução/ Google Maps)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s