Casa na árvore nasceu de um workshop na Lituânia

Ocupação mínima: a construção pode mudar de endereço, se necessário, e foi erguida com impacto mínimo

A água doce é um bem abundante na Lituânia, cujo território é marcado por numerosos lagos pequenos e pântanos e também por zonas de floresta que cobrem cerca de 30% do país. É justamente esse o perfil da microilha de 2 mil m2 do lago Indrajai, na cidade de Utena. Ali, um grupo de jovens arquitetos criou o experimento 1:1 (Vienas prie Vieno), dedicado a investigar maneiras de ocupar regiões como esta com impacto mínimo. A competição, organizada por Mykolas Svirskis, Lina Bakienė, Diana Vavilovic, Reda Pazdrazdytė e Dalia Puodžiute, batizada de Cocoon, pedia um abrigo que acomodasse duas pessoas dormindo na natureza. A experiência de mais de uma semana envolveu dez pessoas: os materiais chegaram de barco e os autores do projeto também foram seus construtores. Venceu a proposta Open Cocoon: inspirado na crisálida, o módulo de madeira se prende ao tronco da árvore por uma estrutura semelhante a um cinturão. A solução flexível foi pensada para mudar de endereço, se necessário. Quando aberta, vira um terraço-mirante para o entorno, incluindo as águas limpas do Indrajai.

Apoios: Essas pequenas conexões de madeira são parafusadas à árvore para segurar as cordas que sustentam os degraus.

Apoios: Essas pequenas conexões de madeira são parafusadas à árvore para segurar as cordas que sustentam os degraus. (Lukas Mykolaitis/Divulgação)

Acesso: Estas molduras quadradas são os degraus até o casulo. O formato vazado permite passar as cordas de náilon que atam as pisadas ao tronco.

Acesso: Estas molduras quadradas são os degraus até o casulo. O formato vazado permite passar as cordas de náilon que atam as pisadas ao tronco. (Lukas Mykolaitis/Divulgação)

 

Sustentação: Parafusos mais robustos aparecem prendendo os dois anéis de aço que envolvem a árvore à base de madeira do módulo.

Sustentação: Parafusos mais robustos aparecem prendendo os dois anéis de aço que envolvem a árvore à base de madeira do módulo. (Lukas Mykolaitis/Divulgação)

 

Quando fechada a cobertura translúcida de policarbonato, o casulo tem sua geometria enfatizada. As laterais vazadas, formadas por ripas de madeira espaçadas, também deixam passar luz. Ao fundo, o lago Indrajai.

Quando fechada a cobertura translúcida de policarbonato, o casulo tem sua geometria enfatizada. As laterais vazadas, formadas por ripas de madeira espaçadas, também deixam passar luz. Ao fundo, o lago Indrajai. (Lukas Mykolaitis/Divulgação)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Veja Também Artesanei.com.br | Novo Shopping Artesanato, Decoração!

    https://artesanei.com.br
    Artesanei – Novo Shopping – Descubra fabricantes, designers independentes e empreendedores criativos de todos os lugares, tudo em um só lugar – Artesanei.com.br

    Curtir