Volumes e texturas marcantes organizam apartamento de 96 m²

Este apartamento no Guarujá, litoral de São Paulo, também se vale de revestimentos práticos para despontar bem praiano

Organizado visualmente por quatro volumes marcados por diferentes cores e texturas, este apartamento de 96 m² localizado na Praia da Enseada, no Guarujá, SP, foi renovado para atender às necessidades do casal de proprietários, que decidiu transformar o imóvel de veraneio em morada definitiva.

 (Maíra Acayaba/Divulgação)

“O pedido inicial era algo prático para a praia, mas não caricato”, conta o arquiteto André Di Gregorio, autor da reforma ao lado de Rodrigo Maçonilio, arquiteto e sócio no Estúdio BRA Arquitetura. Sendo assim, os profissionais se preocuparam em cobrir o piso com um porcelanato com a aparência do concreto a fim de facilitar a limpeza da areia e escolheram revestimentos duráveis para todo o resto.

 

Leia também: 8 salas de jantar com piso de madeira

 (Maíra Acayaba/Divulgação)

Demolições pontuais ampliaram o trecho social e alteraram a circulação no conjunto dos quartos – agora a suíte de hóspedes é acessada pelo corredor íntimo e não mais pela lavanderia e o quarto do filho, na divisa com o living, ganhou 25 cm a mais. “O corredor tinha largura exagerada, cedida parcialmente nessa reformulação”, explica Rodrigo. Setores formados, o bloco de madeira marca a interação entre o estar e o jantar e apresenta um desenho multifuncional detalhado pelos arquitetos. Já o concreto que aparece em parte da alvenaria e nas portas de dois quartos formata a ala íntima.

Leia também: Porcelanato líquido oferece facilidade extra

 (Maíra Acayaba/Divulgação)

A cor branca, por sua vez, delimita a suíte destinada aos hóspedes e a azul evidencia o perímetro da cozinha e da lavanderia. “Descompartimentamos os cômodos para que cozinha, jantar, estar e varanda se tornassem um só espaço, permitindo variadas possibilidades de uso no dia a dia”, comenta André. “A subtração da parede que fechava a cozinha propiciou, além de permeabilidade visual, melhor circulação de ar por toda a extensão da área social”, complementa Rodrigo. Nivelado com enchimento de argila expandida, bem leve, o piso do terraço arremata sutilmente toda essa integração.

Veja mais fotos do projeto na galeria abaixo: 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s