Projeto paulistano apostou em integração e praticidade em 24 m²

A fim de resolver o dia a dia do morador, os arquitetos aplicaram soluções praticas que trouxeram e funcionalidade ao apê

A planta compacta atendia perfeitamente às necessidades básicas do proprietário, um designer com residência fixa no Rio de Janeiro. Em constante trânsito entre as capitais carioca e paulista, ele desejava um local privativo e confortável para descansar depois de um longo dia no escritório. “O imóvel funciona quase como um quarto de hotel, tudo é integrado”, explicam os arquitetos Diogo Luz e Zé Guilherme Carceles, do escritório Casa 100 Arquitetura, autores da reforma. Duas superfícies de concreto organizam as áreas da cozinha e do quarto: a prateleira (em cima) serve para guardar
mochilas e objetos de decoração; a bancada (embaixo) abriga micro-ondas, cooktop, TV e um nicho de madeira que faz as vezes de guarda-roupa. O terraço foi incorporado ao restante do projeto para potencializar a iluminação natural.

 

Um pouco de cor: O painel de ladrinhos hidráulicos (Ladrilar) delimita a cozinha, separando-a do espaço onde ficam a televisão e o roupeiro. Toda a marcenaria é feita de MDF branco com detalhes laminados de freijó.

Um pouco de cor: O painel de ladrinhos hidráulicos (Ladrilar) delimita a cozinha, separando-a do espaço onde ficam a televisão e o roupeiro. Toda a marcenaria é feita de MDF branco com detalhes laminados de freijó. (André Moratti/Divulgação)

 

Pegada bruta: Vigas e instalações elétricas aparentes dão toque industrial ao apartamento. As poucas peças de mobiliário são pontuadas com cores neutras e claras. Os arquitetos também assinam o projeto luminotécnico.

Pegada bruta: Vigas e instalações elétricas aparentes dão toque industrial ao apartamento. As poucas peças de mobiliário são pontuadas com cores neutras e claras. Os arquitetos também assinam o projeto luminotécnico. (André Moretti/Divulgação)

 

Baixo custo: Materiais simples predominam no apartamento. O piso é de cimento queimado, assim como a parede externa do banheiro. O restante do espaço recebeu tinta branca. Tela de Tito Ferrara.

Baixo custo: Materiais simples predominam no apartamento. O piso é de cimento queimado, assim como a parede externa do banheiro. O restante do espaço recebeu tinta branca. Tela de Tito Ferrara. (André Moretti/Divulgação)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Veja Também Artesanei.com.br | Novo Shopping Artesanato, Decoração!

    Novo Shopping Bora fazer economia girar – Descubra fabricantes, designers independentes e empreendedores criativos de todos os lugares, tudo em um só lugar. https://artesanei.com.br

    Curtir