Pura inspiração: sala de estar tem grafismo da parede ao chão

Impressas, estampadas, artesanais ou representadas em objetos-metáfora, as bem traçadas linhas produzidas pela mão humana nunca deixam de fascinar

Das inscrições rupestres em cavernas pré-históricas aos grafites contemporâneos e superurbanos, o desejo irresistível de rabiscar paredes e móveis vai muito além de uma travessura infantil. Diz o dicionário que grafismo é a forma de escrever ou representar palavras em determinada língua ou a grafia personalizada de cada pessoa, porém o mundo do design ressignificou o termo, atribuindo o nome a toda estampa ou forma que lembre traços feitos à mão.

Veja também

Um certo mood tribal acaba sempre marcando essa tendência, remetendo a um tempo em que as relações com o ambiente e a natureza eram mais simples e quebrando, irreverente, a seriedade das composições mais certinhas. “Com tanta incerteza pelo mundo, é ótimo sentir que há pelo menos um espaço que podemos moldar como bem entendemos, pelo menos esteticamente”, justifica a designer de interiores Kelly Behun, mestra na arte de combinar riscados.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s