Pura inspiração: floreiras suspensas refrescam sala de estar

Espécies de pouca manutenção foram escolhidas para o projeto paisagístico

Para manter as plantas nestas bandejas pendentes de ferro com pintura automotiva, a arquiteta paisagista Juliana Freitas criou um sistema com irrigação automática, drenos camuflados em cada caixa e uso de uma camada de apenas 4 cm de composto orgânico que permite o enraizamento das espécies de fácil manutenção e pouca poda.

“Se as deixássemos em vasos, elas não durariam tanto, e poderiam cair”, explica. (Gui Morelli/Gui Morelli)

 

Explorando o pé-direito generoso, as bandejas criam um jardim suspenso para o segundo andar.  (Gui Morelli/Gui Morelli)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s