Pura inspiração: 3 soluções para um apartamento de 59 m²

A integração dos ambientes e a opção de evitar o forro de gesso otimizaram o espaço na casa

Acomodar com conforto um casal com dois filhos em um apartamento de 59 m² exigiu da arquiteta Andrea Pontes repensar a área social da casa. Na nova configuração da morada, o estar foi totalmente aberto para a sala de jantar e para a cozinha, conferindo sensação de amplitude ao ambiente.

Finalizada essa etapa, novos desafios surgiram na reforma. Surpresa nenhuma para quem já enfrentou obra em casa ou está acostumada a lidar com eles no dia a dia, caso de Andrea. Tome nota das saídas encontradas pela arquiteta:

Iluminação

Problema: para embutir spots de iluminação, seria necessário instalar um forro de gesso. A estrutura, porém, reduziria o pé-direito da morada, dando a sensação de que ela era ainda menor.

Solução: em um trilho de luz foram encaixados spots direcionáveis, criando efeito semelhante aos de embutir.

De um lado… (Foto: Divulgação/ Rafael Renzo)

… de outro. (Foto: Divulgação/ Rafael Renzo)

Marcenaria

Problema: um espelho – recurso usual para dar a sensação de amplitude aos ambientes – foi pensado para ocupar toda a parede da sala de jantar. A ideia, porém, esbarrou na existência de um interruptor, que não poderia ser removido da divisória.

Solução: o espelho ganhou uma moldura de laminado amarelo (cor Cromo Real, ref. L523, da Formica), unindo as prateleiras que se estendem até a cozinha. Ali, uma delas se transforma em balcão.

As cores aparecem nos itens de decoração. (Foto: Divulgação/ Rafael Renzo)

Cozinha

Problema: o orçamento para a reforma era enxuto e repaginar a cozinha implicaria gastos extras.

Solução: para dar unidade ao projeto, a parede da bancada da pia ganhou revestimento de vidro laqueado amarelo intenso, combinando com a bancada (cor L081, da Sayerlack).

 

Os armários da cozinha ganharam cavas em vez de puxadores, conferindo um ar mais social ao espaço, digno de ser visto. (Foto: Divulgação/ Rafael Renzo)

Atmosfera jovial

Na paleta da casa, o amarelo vibrante do laminado contrasta com os tons de cinza e preto e harmoniza-se com os itens de decoração.

O uso da cor aparece também na parede mescla da sala de jantar, efeito conquistado por meio de uma pintura especial. O tutorial está no fim desta reportagem!

Nesse projeto quase industrial, o acabamento em madeira (cor Turin, Wood Collection, da Formica) proporciona acolhimento. 

A arte dos quadros é assinada pelo artista Giuliano Martinuzzo, que vai até as casas e desenha conforme sua criatividade. (Foto: Divulgação/ Rafael Renzo)

Na suíte de casal, tons sóbrios e neutros proporcionam um ambiente de calma. O painel ripado é de embuia e a cabeceira, de MDF. (Foto: Rafael Renzo)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s